Qual o propósito de suas férias?

December 26, 2017

 

 

“O SENHOR é o meu pastor; nada me faltará. Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto das águas de descanso” (Sl.23.1-2)

 

FÉRIAS!!!!!!!

Após um ano trabalhando, todo descanso é bem-vindo. Dormir mais, passear com a família, ocupar-se com atividades diferentes. As férias podem ser renovadoras para as forças do trabalhador e agregadoras para a família que tem a oportunidade de passar mais tempo junta. Se bem aproveitada, as férias podem ser bênção para todos: indivíduo, família, empresas, sociedade. Mas, qual o lugar de Deus, o Criador de tudo, em nossas férias? Como deveríamos usufruir as férias na presença do Senhor? Qual o propósito de suas férias?

 

Por mais obvio que pareça ser, precisamos definir o termo e seus limites, pois muitos cristãos aplicam o benefício das férias a todos os assuntos, incluindo Deus, igreja e família, transformando uma bênção em maldição. Férias é um tempo de repouso do trabalho e estudo regulares, concedido aos trabalhadores e estudantes. Ou seja, para que haja desfrute das férias é necessário, primeiramente, o trabalho e/ou estudo. As férias estão relacionadas com as atividades de subsistência, obrigatórias e necessárias. Portanto, não se tira férias de pessoas, crença ou virtudes. Creio que todos sabem disso, todavia a atual conjuntura evangélica nos exige que lembremos Verdades elementares. Portanto, devemos lembrar-vos que não se tira férias de culto, leitura da Escritura nem oração! Não se tira férias de Deus! Ao contrário disso, devemos tirar férias para Cristo, nosso Senhor e Salvador.

 

Apesar do padrão de férias ocidental não ser oriundo da Palavra de Deus, a base para o desfrute de um período de descanso provém da Escritura, pois Deus determinou que o homem descansasse semanalmente após seis dias de trabalho (Ex.20.8-11), deixasse a terra descansar após seis anos de cultivo (Lv.25.1-7) e desse descanso para todos os escravos e devedores após quarenta e nove anos de servidão e dívida (Lv.25.8-55). O descanso, então, dignifica o ser humano, lembrando-lhe que seu valor não está apenas em sua utilidade (trabalhar), mas, principalmente, em ter sido feito à imagem e semelhança do Criador. Além disso, mostra o quanto Deus ama sua criação e quer proporcionar-lhe bem-estar em sua presença, por isso concede-lhe descanso, a fim de que possa encontrar-se com o Senhor, seu Deus. Portanto, o descanso é benção proveniente do Criador tanto para o trabalhador quanto para a terra e para o sofredor.

 

Qual o propósito da ordenança do descanso? Seria apenas para não fazermos nada? Não! Os descansos ordenados pelo Senhor apontam para Cristo e a vida eterna oriunda dEle, alimentando em nós a esperança de um futuro descanso eterno (Mt.11.29; Hb.4.8-10). Deus nos deu o descanso propositadamente para que lembremos sempre “que não só de pão viverá o homem, mas de tudo o que procede da boca do SENHOR viverá o homem” (Dt.8.3). Quando descansamos do trabalho árduo, difícil, marcado por lutas e problemas consequentes de um mundo ainda preso ao pecado somos lembrados, por meio da Escritura, que resta-nos um repouso, pois Cristo, o restaurador de todas as coisas, prometeu vida eterna e abundante para todos os que nEle creem. Portanto, todo descanso visa possibilitar maior tempo de comunhão entre a criatura e o Criador, o adorador e o Adorado, a ovelha e o Pastor, o servo e o Senhor, o filho e o Pai, a fim de que repousemos o coração “em pastos verdejantes” e “águas de descanso”, pois só Cristo tem “as palavras da vida eterna” (Jo.6.68).

 

Desta forma, precisamos planejar corretamente as férias, a fim de que nossos planos não sejam egocêntricos e ateus, negando na prática a existência de Deus. Quais são seus planos para suas férias? Ir para a praia ou campo, visitar parentes, descansar bastante, brincar ou jogar, passear etc. Será que você não está se esquecendo de algo mais importante? Que tempo você reservou para adorar, ouvir e falar com o Criador, já que Deus nos deu o descanso para revigorar nossa esperança a respeito da vida eterna em Cristo Jesus? As férias deveriam ser planejadas com a seguinte ordem de desejos e prioridades:

 

1)Ler mais capítulos da Bíblia por dia, procurando estuda-la;

2)Orar mais ao Senhor, passando longos tempos de conversa com Deus;

3)Ensinar mais a Escritura para a família, aproveitando todos os dias livres;

4)Não deixar de adorar ao Senhor junto com a igreja de Jesus;

5)Ir para a praia ou campo, visitar parentes, descansar bastante, brincar ou jogar, passear etc.

 

“Igrejas vazias em períodos de férias” podem ser indicativo de que os cristãos não entenderam o propósito do descanso concedido por Deus ao homem. Além disso, pode apontar, também, para uma religiosidade em caráter obrigatório e tradicionalista, ou seja, que o cristão sente-se obrigado a ler a Bíblia, orar e adorar, praticando tais coisas como tradição não refletida. Se você não tem prazer em ler a Palavra de Deus, orar ao Senhor e adorar ao Criador de tudo, então você não tem prazer em Deus. Esse é um problema sério, pois como uma pessoa que não ama a Deus de todo seu coração poderá entrar na vida eterna? Não alegrar-se em Cristo é um indicativo de que há um sério problema acontecendo contigo, já que a conversão nos liberta de uma vida egocêntrica, conduzindo-nos à plena satisfação em Jesus.

 

Suas férias, então, podem ser grande instrumento para reconduzi-lo(a) a uma vida abundante com Cristo. Aproveite a disponibilidade de tempo para orar ao Senhor pedindo ajuda, clamando por um coração cheio da alegria da salvação, por uma mente plena da certeza da salvação e uma vida completamente consagrada a Cristo. Então, busque intensamente ao Senhor, afinal, disse Jesus: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me” (Mt.16.24). Férias são bênçãos quando viabilizam uma vida mais intensa na leitura da Palavra do Senhor, na oração constante e na adoração espontânea a prazerosa. Caso contrário, as férias refletirão descaso com Deus, amor próprio maior do que aquele que é devido ao Senhor e um ateísmo prático.

 

Portanto, planeje as férias em família para a glória de Deus. Se não irá viajar, então sua vida cúltica junto à igreja deve continuar, afinal esse deveria ser o momento para intensificar seu relacionamento com Cristo. Mas, se você pretende viajar, deverá planejar cuidadosamente para que a leitura da Escritura, a oração e a adoração não sejam negligenciadas por sua família. Procure, no lugar para onde vai, uma verdadeira igreja fiel à Palavra de Deus para cultuar ao Senhor no domingo. Programe momentos familiares de oração e leitura da Escritura todos os dias. Separe tempo para ler a Bíblia, sozinho, e passar algum tempo conversando com Deus, a sós. Desta forma, suas férias estarão dentro do propósito divino para o descanso, pois você e sua família encontrarão descanso para a alma nas Palavras de Cristo e alento para o coração na presença do Espírito Santo.

Compartilhe no Facebook
Gostei
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pastor Alexandre A. Costa

Ligue:

54 984 136 915

Igreja Matriz: 

Rua Ernesto Zanrosso, 2669

Caxias do Sul-RS

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • Branco Ícone Google+
  • SARCAICO

Envie seu Pedido de Oração

*Campos Obrigatórios

Congregação em Vacaria: 

Rua Teodoro Borges dos Santos, 520, Vacaria-RS

Versão 4.4.3 © 2017 Igreja Presbiteriana de Caxias do Sul. Todos os Direitos Reservados.